Linha de separação


20 de outubro de 2015

Comunicação social, eleições...”liberdade de imprensa”

O escandaloso espetáculo da comunicação social que assume declaradamente posições a favor do governo da direita,mostra o que é: sem independência, sem princípios. Mostra ao serviço do que está e de quem está. Sendo o PCP, o PEV e o BE, fundamentais quanto ao futuro governo, são escandalosamente ignorados e referidos sempre pelo ponto de vista de terceiros. Nunca são referidos como partidos que defenderam a Constituição, muito ao contrário da coligação de direita sendo esta questão totalmente omissa dos «debates».
Eis a comunicação social do neoliberalismo/neofascismo a nu:
 
"Nos dias de Marx, a religião era o ópio das massas. Hoje são os media." Paul Crig Roberts
"Os media ocidentais, uma colecção de pessoas que mentem para viver. A razão porque o Ocidente não tem futuro é que o Ocidente já não tem media, só propagandistas das agendas governamentais e corporativas e apologistas dos seus crimes. Um editor de um grande jornal alemão escreveu um livro, no qual declara que não só ele próprio serviu a CIA como transmissor confiável das mentiras de Washington, como todo jornalista importante na Europa também o faz." Paul Craig Roberts
"Chama-se liberdade de imprensa, o direito exclusivo que têm certos potentados ou certos malfeitores, graças à sua fortuna ou às suas chantagens de influir na opinião do país (…). Cada dia se imporá com maior clareza que o liberalismo económico é uma das formas mais revoltantes do privilégio e despotismo”." Raul Proença, O fundador da Seara Nova, 
"A opinião pública deve aprender a tolerar a desigualdade comoum meio de atingir uma maior prosperidade para todos." Lord Griffiths, vice-président de Goldman Sachs,
A CIA controla todos os que têm importância nos principais medias." William Colby, antigo iretor da CIA
"Comprar um jornalista custa menos que uma boa «call-girl», apenas duzentos dólares por mês» Um agente da CIA em discussão com Philip Graham do Washington Post, a propósito de encontrar jornalistas dispostos a trabalhar para a CIA
"A informação tornou-se um produto como qualquer outro. Um jornalista dispõe tanto poder sobre a informação comouma caixa de supermercado sobre a estratégia comervial do seu empregador." Serge Halimi
"E para que outra coisa são pagos os tagarelas sicofantas que não sabem jogar nenhum outro trunfo científico a não ser que em suma na economia política não é permitido pensar?” Carta de Marx a Ludwig Kugelmann, 11 de Julho de 1868

1 comentário:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Perante o lido

espero o desfecho

será o 4º poder vencido?

para já, está tremendo...
de medo