Linha de separação


26 de junho de 2017

O sistema de dívida eterna

Argentina emite títulos de dívida em dólares a 100 anos de prazo !
Recientemente, fue publicado el artículo: “Deuda pública en expansión” del economista Julio Gambina |1|
El 19 de junio, del corriente año, nos enteramos a partir de un simple comunicado publicado en la página web del Ministerio de Finanzas, institución a cargo de Luis Caputo, ex CEO del Deutsche Bank y JP Morgan, que la “Argentina emitirá bonos en dólares a 100 años de plazo”, con una tasa de interés cercana al 8 por ciento anual (7,95%). Es decir, “más expansión de Deuda Pública”.
Y... ¡en qué condiciones! La tasa de interés es altísima, el plazo es extensísimo y la moneda de emisión del bono no es la propia. Es decir, las condiciones además de gravosas son sumamente, inciertas.

25 de junho de 2017

Visões paralelas

“Se nós usamos a força é porque somos América. Somos a nação indispensável. Permanecemos altos. Vemos mais longe no futuro.
Madeleine K. Albright, ex-Secretária de Estado dos EUA e ex-Embaixadora na ONU.
Valemos mais que os outros (…) porque o nosso sangue nos permite inventar mais que os outros e governar melhor o nosso povo que os outros. Compreendamos que os próximos dez anos serão de guerra para exterminar as raças sub-humanas que se opõem (ao) povo alemão que constitui o núcleo fundamental da raça nórdica depositária da cultura da humanidade. Himmler 

Em 1996, depois de cinco anos de sanções e de persistentes bombardeamentos contra o Iraque, o repórter da CBS Lesley Stahl fez a seguinte pergunta à embaixadora dos EUA nas Nações Unidas, Madeline Albright, no programa “CBS 60 minutos" em Maio de 1996.
— Ouvimos dizer que meio milhão de crianças morreu (em consequência da política americana contra o Iraque). Valeu a pena pagar esse preço?
Resposta de Madeline Albright: - Nós pensamos que valeu a pena.
Que as outras nações vivam na prosperidade ou morram de fome só me interessa na medida em que necessitamos delas para a nossa Kultur. quanto ao mais são-me indiferentes. Se 10 000 fêmeas russas tombarem exaustas ao cavarem um fosso antitanque só me preocupa se tombarem antes de terem terminado o trabalho para as forças alemãs. Himmler.
Desde 1967, Israel instalou na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental mais de 650 000 colonos uma prática que o Tribunal Penal Internacional classifica como “crime de guerra”.Alain Gresh, A palestina sempre adiada, Le Monde Diplomatic, junho 2017
Aldeias habitadas por camponeses armados formarão a base da colonização a leste, o núcleo da muralha defensiva da Europa - Himmler
- A Rússia deve ser dividida nos seus componentes. Não se pode tolerar a existência a Oriente de um Estado tão vasto. Gobbels, Diário, dia 24 de maio de 1941
- Estão à espera os ricos campos da Ucrânia. (…) Não permitirei que se fale das vantagens económicas que resultarão da vitória sobre Moscovo. A nossa polémica tem se ser conduzida num plano político. Idem, dia 20 de junho
- Trabalhamos com três emissoras secretas tendo em vista a Rússia - uma trotskista, outra separatista e a terceira nacionalista. O trabalho das nossas emissoras secretas é um modelo de astúcia e habilidade. Idem 5 de julho.
Etc., etc., etc.

Resposta da Venezuela a Temer

Um vídeo a ver
https:https://youtu.be/LgQZtaXwyC8//youtu.be/LgQZtaXwyC8

De 19 a 21 de junho realizou-se, em Cancún, México, a 47ª Assembleia Geral da OEA. Os Estados Unidos da América, através de seu fantoche, o Secretário-Geral Luis Almagro, tentou de todas as formas aprovar resoluções contra a Venezuela, sem sucesso. Um dos que fizeram coro com Almagro/EUA foi o representante do governo golpista brasileiro, que recebeu uma dura lição de moral do representante do altivo governo da República Bolivariana da Venezuela, o chanceler Samuel Moncada. Veja.

Opiniões - Fim de semana

No contexto do lançamento do : O absoluto frágil, ou, porque vale a pena lutar pelo legado cristão, de Slavoj Žižek, recuperamos esta afirmação do filósofo esloveno que procura reabilitar, da perversa ética multiculturalista do capitalismo contemporâneo, o núcleo emancipatório do ateísmo. Ao invés de se relacionar de forma exterior com a religião – sucumbindo assim à armadilha da “tolerância” –, Žižek subverte a abordagem e propõe levarmos a crença a sério e cobrar dos crentes a responsabilidade sobre aquilo em que creem. É esta perspectiva avessa ao lugar comum que anima também O absoluto frágil, um ensaio explosivo que defende uma aproximação entre o cristianismo e o marxismo num projeto político emancipatório renovado. Nas palavras do esloveno: “O primeiro paradoxo da crítica materialista da religião é este: às vezes é muito mais subversivo destruir a religião a partir de dentro, aceitando sua premissa básica para depois revelar suas consequências inesperadas, do que negar por completo a existência de Deus.” Boitempo

As guerras sujas do Império

Les sales guerres américaines : Massacres, phosphore et uranium appauvri

Intervention sans mandat, bombardements de civils, utilisation d’armes illégales au phosphore et à l’uranium appauvri, de nouveaux crimes de guerre viennent s’ajouter à une liste déjà très longue. La guerre menée par les États-Unis et leurs alliés est, comme en Irak en 1991, une « sale guerre » qui ne dit pas son nom.

O SIONISMO

Israël aide secrètement les groupes armés du Golan

Selon le Wall Street Journal du 18 juin, Israël a régulièrement fourni aux rebelles syriens des fonds, de la nourriture, du carburant et des médicaments. Et ce, pendant des années, à sa frontière, dans le cadre d’un engagement secret dans la guerre civile syrienne, son ennemi de quarante ans, afin de mettre en place une zone tampon peuplée de forces « amies ». Comme elle l’a fait avec la zone tampon qu’elle avait confiée aux milices supplétives du au Liban du Sud de 1978 à 2000. Année où la résistance libanaise avait libéré toute cette zone.

Desta vez Israel acertou



Um Engano certeiro
 A assessoria de imprensa do exército israelita informou que a aviação do país tinha atacadoas posições das tropas governamentais sírias, eliminando dois tanques e uma metralhadora de grande calibre em resposta ao disparo de uma dezena de projéteis que atingiram a parte das Colinas de Golã controlada por Israel.
Já depois, a mesma entidade divulgou um vídeo dos ataques "de precisão" contra dois tanques e uma metralhadora que, segundo afirmam os militares , haviam disparado projéteis além da linha divisória nas Colinas de Golã.
"O ataque dos aviões da Força Aérea israelense no sábado, nas Colinas de Golã, na realidade foi efetuado contra veículos blindados dos militantes da Frente al-Nusra. Os israelitas apenas atacaram o local a partir do qual foram feitos os disparos. Na sequência deste ataque aéreo, foram liquidados dois tanques e uma metralhadora de grande calibre dos terroristas".