Linha de separação


14 de maio de 2017

A libertação do trabalho !

Macron tomou posse e disse  que os franceses "deverão ver-se mais protegidos" e comprometeu-se com a libertação do trabalho, o apoio às empresas e o encorajamento da iniciativa, ao mesmo tempo que prometeu colocar no centro da sua acção a cultura, a educação, a criação e a inovação. 
Estas ùtimas belas palavras,  educação     blá ,blá , blá faltou o pão ,habitação e a musica de Sérgio Godinho

"Numa intervenção que durou cerca de 15 minutos, sublinhou
 duas exigências com as quais se compromete no mandato
 de cinco anos
 que agora se inicia: devolver aos franceses a confiança em si próprios
 e dar esse exemplo a nível internacional." Tudo muito concreto !!!

1 comentário:

Francisco Manuel Gentil Apolónio disse...

O trabalho só se libertará a si próprio e pelos seus próprios meios!